Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 30 de outubro de 2016. Atualizado às 13h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2016

30/10/2016 - 11h33min. Alterada em 30/10 às 14h51min

Marchezan Jr e Melo se encontram e se limitam a dizer "bom dia"

Os candidatos tiveram um encontro de segundos na sede dum das TVs onde deram entrevistas

Os candidatos tiveram um encontro de segundos na sede dum das TVs onde deram entrevistas


Marcelo G. Ribeiro/JC
Patrícia Comunello
Os dois candidatos que disputam o segundo turno em Porto Alegre neste domingo (30) tiveram um encontro de segundos na sede da TV Pampa em Porto Alegre. "Bom dia", foi o cumprimento entre Nelson Marchezan Júnior (PSDB) e Sebastião Melo (PMDB).
A tensão entre os dois aumentou no dia da votação. Apesar de ser o primeiro e o que deve ser o único encontro durante o dia entre os dois, declarações de cada lado mostram elevação das farpas.
Melo desde cedo acusa o tucano de ter inventado um atentado - no episódio na sede do candidato do PSDB que teve vidros quebrados e chegou a ser apontado como efeito de tiros. O peemedebista também diz que o adversário promete o que não pode fazer.
Marchezan Jr declarou ao dar entrevista à Rádio Guaíba que sua campanha tem mais recursos porque declara tudo. O tucano acusou outros candidatos de não informarem todos os gastos e disse que cabe à Justiça Eleitoral e à Imprensa investigarem.    
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia