Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de outubro de 2016. Atualizado às 02h03.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

Eleições 2016

Notícia da edição impressa de 03/10/2016. Alterada em 03/10 às 01h03min

Destaques eleitorais no Rio Grande do Sul

Gravataí: Em Gravataí, o prefeito Marco Alba (PMDB) foi reeleito com 33.420 votos (39,95% dos válidos). Mas o candidato mais votado foi Daniel Bordignon (PTD), que obteve 45.374 sufrágios. Contudo, os votos não foram computados, pois o pedetista está com a candidatura indeferida. Após o julgamento dos recursos, pode haver retotalização dos resultados.
Sapucaia do Sul: Em Sapucaia do Sul, Dr. Link (PT) venceu o pleito com 29.296 votos (39,47% dos válidos). Na sequência aparece Marcelo Machado (PSB), com 22.484 votos, 30,29% dos válidos.
Alvorada: Em Alvorada, o prefeito eleito é Appolo (PMDB), que conquistou 31.414 votos (38,94% dos válidos). Em segundo lugar ficou Giovana Thiago (PT), com 14.004 votos, 17,36% dos válidos.
Viamão: André Pacheco (PSDB) é o prefeito eleito de Viamão, com 56.739 votos (57,80% dos válidos). O segundo colocado foi o candidato Ridi (PT), com 18.849 votos (19,20% dos válidos).
São Leopoldo: Ary Vanazzi (PT) foi eleito com 33.850 votos (30,26% dos válidos) para a prefeitura de São Leopoldo. Ele já havia ocupado o cargo entre 2005 e 2012. Em segundo lugar, ficou Professor Nado (PDT), com 26,34%.
Novo Hamburgo: Em Novo Hamburgo, Fátima Daudt (PSDB) foi eleita prefeita, com diferença de 3 pontos percentuais para o 2º lugar, Paulo Ritzel (PMDB). A tucana recebeu 36.435 votos (33,98% dos válidos).
Rio Grande: O prefeito Alexandre Lindenmeyer (PT) foi reeleito em Rio Grande com 52,19% dos votos válidos. O petista conquistou 58.114 votos e abriu boa distância do segundo colocado, Thiaguinho (PMDB).
Gramado: Em disputa apertada, Fedoca (PDT) foi eleito prefeito de Gramado. Foram 62 votos a mais do que Pedro Bertolucci (PP). Fedoca obteve 12.182 votos. Pouco mais de 2,5 mil eleitores compareceram às urnas na cidade. O PP governa Gramado há 16 anos.
Bento Gonçalves: Guilherme Pasin (PP) conquistou a reeleição em Bento Gonçalves, na Serra, com 44.129 votos, (65,62% dos válidos). O segundo colocado, Cesar Gabardo (PMDB), teve 17,29%.
Capão da Canoa: Amauri (PTB) foi eleito prefeito de Capão da Canoa, com 49,23% dos votos válidos. A diferença para o segundo colocado, Ledorino Brogni (PDT), foi de apenas 34 votos. O município tem 70.456 eleitores aptos ao voto.
Torres: Carlos Souza (PP) foi eleito em Torres ao obter 9.560 votos, com 49,57% dos votos válidos. Alessandro Bauer, do PMDB, teve 8.254 votos (42,8% dos válidos). O município tem 28.399 eleitores.
Menor Colégio Eleitoral: Engenho Velho, município no Norte do Estado, próximo a Constantina, tem o menor número de eleitores. São 1.200 votantes que elegeram o candidato único para a prefeitura Paulo Dal Alba (PP) com 869 votos. Os 331 votos se dividiram em abstenções (128), brancos (149) e nulos (54). Na bancada da Câmara de 9 vereadores, o mais votado, Gláucio (PMDB) conquistou 150 votos. A última vaga coube a Nara, com 50 votos.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia