Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 22 de outubro de 2016. Atualizado às 16h39.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

Alterada em 22/10 às 17h40min

Cerca de 200 família seguem desalojadas por cheia do Guaíba

Guaíba registra quarta maior cheia da história

Guaíba registra quarta maior cheia da história


Brayan Martins/PMPA/Divulgação/JC
O Guaíba atingiu atingiu 2,22 metros na régua da Ilha da Pintada na manhã deste sábado, registrando a quarta maior cheia da história. Equipes da prefeitura de Porto Alegre estão na região do Arquipélago em uma força-tarefa para atender às famílias que tiveram que sair de casa devido à enchente.
A Defesa Civil e a Fasc cadastraram cerca de 200 famílias atingidas. Desde a noite desta sexta-feira, trinta e seis famílias deram entrada no abrigo montado na Escola Estadual Alvarenga Peixoto, na Ilha Grande dos Marinheiros. A Defesa Civil contabiliza outras 30 famílias que estão na casa de parentes e amigos ou acampadas próximo às suas residências. Na Pintada são 40 famílias atingidas. Na Ilha do Pavão, 49 estão em abrigos organizados pela comunidade e outras 30 tiveram algum prejuízo com a enchente. E na das Flores outras 12 famílias foram atingidas. Os abrigados estão recebendo colchões, cobertores, leite e fraldas. Também foram distribuídos 600 metros de lona.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Porto Alegre, Douglas Gonçalves, as equipes permanecem 24 horas por dia nas ilhas até que a situação seja completamente normalizada. “Estamos monitorando e dando assistência às pessoas para garantir a integridade e a saúde dessas famílias”, destacou. Ele lembrou que as pessoas podem acionar as equipes pelos telefones de plantão, que são o 199 e o 3268-9026.
A Defesa Civil não foi acionada para ocorrências em outros bairros, mas mantém o monitoramento em toda a cidade. Na última medição do Guaíba, a régua do Cais Mauá media 2,61 metros e a da Ilha da Pintada 2,22 metros.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia