Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de outubro de 2016. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Meio Ambiente

Notícia da edição impressa de 05/10/2016. Alterada em 04/10 às 22h32min

Justiça dá prazo de 50 dias para Cettraliq remover efluentes

Suzy Scarton
A 10ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre determinou um novo prazo para que a Cettraliq, empresa de tratamento de efluentes líquidos, no bairro Navegantes, na zona Norte, retire os efluentes que ainda se encontram no local, causando mau cheiro nos arredores. O prazo é de 50 dias úteis, contados a partir de hoje.
Em caso de descumprimento da ordem judicial, será aplicada uma multa de R$ 200 mil por dia de atraso, a mesma que já tinha sido estabelecida na primeira decisão, de 9 de setembro. Depois da remoção, a empresa deverá apresentar um relatório circunstanciado da execução da retirada. Todas as atividades deverão ser descritas detalhadamente. O juiz Eugênio Couto Terra também determinou que a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) remova os lacres de acesso aos tanques da empresa para que seja possível o acesso aos efluentes para tratamento prévio e remoção.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia