Porto Alegre, sexta-feira, 14 de outubro de 2016. Atualizado às 15h32.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Tailandeses se despedem com emoção do rei Bhumibol

A despedida do rei tailandês que mais tempo ficou no trono revela a reverência e significado da monarquia para o país asiático de maioria budista.  Bhumibol Adulyadej morreu nesta quinta-feira (13), aos 88 anos no hospital Siriraj devido a complicações de doenças nos pulmões, fígado e cérebro. Milhares de pessoas acompanharam a passagem do comboio que levou o corpo do rei. A maioria carregava fotos do rei e notas de dinheiro com o rosto de Bhumibol. A maioria dos tailandeses não conheceu outro rei. O monarca ficou 70 anos no trono. Seu filho, o príncipe Maha Vajiralongkorn, será o sucessor.
 

FOTO STRINGER / AFP/JC
14/10/2016 - 15h05min