Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de outubro de 2016. Atualizado às 23h05.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 20/10 às 00h05min

Botafogo vence a 5ª seguida no Brasileirão e afunda o Santa Cruz

O Botafogo deu mais uma amostra de que a boa fase não é momentânea na noite desta quarta-feira ao vencer a quinta partida consecutiva no Campeonato Brasileiro, em jogo antecipado da 32ª rodada. Com mais um gol nos minutos finais da partida, o time alvinegro derrotou o Santa Cruz, por 1 a 0, no estádio do Arruda, no Recife.
Assim como nos últimos três triunfos, contra Figueirense, Internacional e Atlético Mineiro, o gol saiu após os 40 minutos do segundo tempo. Com 53 pontos e na quinta posição, o Botafogo começa a se aproximar do Atlético Mineiro, terceiro colocado, colocação que tem vaga direta para a fase de grupos para a Copa Libertadores, diferente dos três últimos do G6, que ingressam na fase preliminar do torneio.
No dia 29, o time volta a campo para enfrentar o Coritiba, no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro. Cada vez mais próximo da Série B, o Santa Cruz segue em penúltimo, com 23 pontos, e enfrenta o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, também dia 29.
Não foi uma partida de apenas um time. Apesar de ter chance quase mínima de permanecer na primeira divisão, o Santa Cruz teve boas chances no primeiro tempo, principalmente quando a bola caía nos pés de Keno. Logo no início da partida, o atacante fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Bruno Moraes que chegou atrasado e desperdiçou o gol.
O Botafogo não se intimidou e seguiu com o seu habitual ritmo de jogo, em busca de um bom contra-ataque. Aos 22, teve a chance, quando Dudu Cearense roubou a bola no meio-campo e passou para Neilton. O atacante chutou forte e viu Tiago Cardoso fazer boa defesa. Os pernambucanos voltaram a ameaçar, mas Bruno Moraes falhou novamente.
No segundo tempo, o panorama se inverteu. O Botafogo decidiu buscar o ataque e se lançou à frente. Aos dois minutos, Dudu Cearense e Carli cabecearam forte em bolas que ficaram na defesa coral. Mas, mesmo com a postura mais ofensiva, o time alvinegro não conseguiu ser superior. Pior. Além de não conseguir furar o bloqueio adversário, dava o contra-ataque. Foi assim que, aos 12 quase sofreu o gol. Bruno Moraes recebeu passe na área, porém perdeu o gol.
João Paulo também teve a sua chance. Em cobrança de falta na entrada da área, o meia finalizou bem, mas viu Sidão fazer boa defesa. O jogo ficou mais aberto, com chances para os dos lados. Pelo Botafogo, Neilton chutou colocado e quase fez 1 a 0. Logo depois, o atacante passou para Sassá, que concluiu mal e Tiago Cardoso defendeu.
Os minutos finais perderam a intensidade, com os dois times sem criatividade. Mas, como tem sido praxe, o Botafogo surpreendeu e balançou as redes, aos 41. Alemão levantou na área, a defesa pernambucana falhou e Rodrigo Pimpão completou de cabeça: 1 a 0. Nos acréscimos, a sorte esteve ao lado do time carioca, quando João Paulo cobrou falta na trave e não conseguiu evitar mais uma derrota pernambucana pelo Brasileirão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia