Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 16 de outubro de 2016. Atualizado às 21h46.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Notícia da edição impressa de 17/10/2016. Alterada em 16/10 às 21h41min

Reservas do Grêmio arrancam empate contra o Santos na Vila Belmiro

A escalação gremista para o jogo contra o Santos deixou claro: para direção e comissão técnica, o que importa é a Copa do Brasil. O time foi a campo sem nenhum titular, e jogadores importantes, como Ramiro e Douglas, não ficaram nem no banco de reservas. Ainda assim, o Grêmio conseguiu um resultado razoável na Vila Belmiro, empatando em 1 a 1 com o time titular do Santos e chegando aos 47 pontos no Brasileirão.
Com uma equipe jovem, era natural que o Grêmio enfrentasse dificuldades. Mas não foi isso que se viu no começo da partida. Logo aos 9 minutos, Everton chutou em diagonal, de pé esquerdo, abrindo o placar. Saindo em velocidade, o Tricolor conseguia surpreender, mas a marcação gaúcha se atrapalhava em vários momentos. Em um deles, veio o empate, aos 20 minutos. Após escanteio, o zagueiro Fabián Noguera cabeceou e a bola ainda bateu na trave antes de entrar.
Com o empate, o Santos veio para cima, mas nunca chegou a fazer de fato uma boa atuação. No segundo tempo, a partida ficou mais truncada. Perto do fim, o Santos buscou uma pressão, forçando Bruno Grassi a boas intervenções e chegando a colocar uma bola na trave, com Vitor Bueno. Mas, mesmo sem brilhantismo, o Grêmio conseguiu segurar o resultado, com direito a um gol feito perdido por Everton aos 38 da etapa final. Após cumprir sua missão em Santos, o Tricolor segue no estado de São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras no jogo de volta da Copa do Brasil na quarta-feira. Dessa vez, com time titular.
Santos 1 x 1 Grêmio
Vanderlei; Victor Ferraz, Fabián Noguera, David Braz (Yuri) e Zeca; Thiago Maia (Paulinho), Renato, Lucas Lima e Jean Motta (Vitor Bueno); Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.
Bruno Grassi; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Fred (Kannemman) e Iago; Guilherme Amorim, Jailson, Kaio (Maicon) e Lincoln; Guilherme (Bolaños) e Everton. Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia