Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de outubro de 2016. Atualizado às 23h37.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 14/10/2016. Alterada em 13/10 às 23h39min

Boa atuação e vitória para colar no G-6

Pedro Rocha marcou o gol da vitória sobre o Furacão

Pedro Rocha marcou o gol da vitória sobre o Furacão


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Jogar bem e vencer. Esse é o objetivo de todo time que entra em campo. Foi isso o que o Grêmio fez na noite desta quinta-feira na Arena, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. A superioridade sobre o Atlético-PR e o consequente triunfo por 1 a 0 animaram o torcedor que viu o time vencer a segunda partida seguida e colar no G-6 do Campeonato Brasileiro.
O primeiro tempo de jogo foi de domínio completo do Grêmio. Marcando forte na saída de bola adversária, o Tricolor forçava o Furacão a errar e, assim, mantinha a posse de bola na maior parte do tempo.
Com o volume de jogo, os donos da casa criaram diversas oportunidades de gol. As falhas na finalização, porém, se repetiram na Arena. Aos 22, Walace passou por dois e finalizou para fora. Aos 30, Luan puxou para a perna esquerda e bateu colocado para a defesa de Weverton. Aos 42 Pedro Rocha tentou de longe, o goleiro rebateu, e Ramiro complementou, mas, novamente, Weverton impediu o gol.
Aos 46 minutos, porém, a pressão deu resultado. Edílson chutou da direita e o goleiro falhou, rebatendo para a frente. Na sobra, Pedro Rocha chegou para fazer o 1 a 0.
A segunda etapa de partida foi de um time só. Com uma atuação segura, o Grêmio voltou a acumular oportunidades de ampliar o placar. As duas principais chances gremistas saíram dos pés de Luan e Everton. Aos 10 minutos, o camisa 7 acertou a trave em cobrança de falta. Aos 42 foi a vez de o "Cebolinha" ficar cara a cara com Weverton e chutar sobre o goleiro. Desconcentrado em campo e fazendo muitas faltas - algumas delas violentas - o Atlético-PR nada conseguiu produzir.
Ao fim, a vitória somada à boa atuação dá boas perspectivas ao torcedor gremista para o restante da temporada.
Grêmio 1 x 0 Atlético/PR
Bruno Grassi; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Jailson), Douglas (Lincoln) e Pedro Rocha (Éverton); Luan. Técnico: Renato Portaluppi.
Weverton; Léo, Paulo André (Wanderson), Thiago Heleno e Renan Lodi; Otávio, Hernani, Rossetto (Guilherme), Lucho González e Marcos Guilherme (Juninho); Pablo. Técnico: Paulo Autuori.
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/PE)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia