Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de outubro de 2016. Atualizado às 00h02.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Eliminatórias da Copa

11/10/2016 - 19h44min. Alterada em 12/10 às 00h05min

Bolívia abre 2 a 0, mas Equador busca empate em La Paz nas Eliminatórias

A seleção da Bolívia desperdiçou nesta terça-feira uma grande chance de faturar sua terceira vitória nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Jogando em casa, na altitude de La Paz, o time boliviano abriu 2 a 0 no primeiro tempo. Porém, cedeu o empate ao Equador na segunda etapa.
Apenas dois jogadores balançaram as redes na partida de quarto gols. Pela Bolívia, Pablo Escobar, com passagens por times brasileiros, como Ipatinga, Santo André e Ponte Preta, marcou duas vezes. E, do lado equatoriano, Enner Valência foi o herói, ao buscar o empate aos 44 minutos do segundo tempo.
Com o resultado, a Bolívia segue perto da base da tabela. Tem apenas oito pontos e continua na nona e penúltima colocação. Já o Equador, que chegou a ocupar a liderança, chegou aos 17 pontos e pode perder a terceira posição no decorrer desta rodada.
Sabendo tirar vantagem da altitude de 3.660 metros de La Paz, a Bolívia dominou o Equador no primeiro tempo e marcou um gol no início e outro no fim da etapa. Logo aos quatro minutos, Pablo Escobar bateu de longe e acertou o ângulo, num belo gol. O goleiro Dreer até saltou, mas não conseguiu evitar o gol boliviano.
Até o segundo gol da Bolívia, o jogo perdeu ritmo e foi morno. Somente aos 42 minutos, Escobar voltou à carga. No lance, Marcelo Moreno puxou o contra-ataque e acionou o atacante, que driblou o marcador antes de finalizar para as redes.
Depois do domínio boliviano na etapa inicial, o Equador voltou melhor para o segundo tempo. E descontou logo aos dois minutos. Antonio Valencia cruzou na área e Enner Valencia escorou de primeira para as redes. O time equatoriano cresceu em campo e passou a levar perigo no ataque, principalmente com Enner.
A Bolívia, antes acuada pelo primeiro gol dos visitantes, voltou a atacar a partir dos 15 minutos. Marcelo Moreno e Pablo Escobar lideravam a equipe no setor ofensivo, embora sem chances mais agudas.
Do outro lado, o Equador era mais efetivo. Mesmo com um jogador a menos desde os 34 minutos - Luis Caicedo levou o segundo cartão amarelo após falta em Marcelo Moreno -, Enner Valencia tirou vantagem de um descuido da defesa anfitriã e anotou o segundo dos visitantes, selando um suado empate em La Paz, aos 44 minutos da etapa final.
As duas seleções só voltam a campo pelas Eliminatórias no dia 10 de novembro. A Bolívia vai visitar a Venezuela, enquanto o Equador jogará contra o Uruguai, também fora de casa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia