Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de outubro de 2016. Atualizado às 02h03.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 03/10/2016. Alterada em 03/10 às 01h55min

Vitória apertada, alívio gigante no Beira-Rio

Gol foi marcado aos quatro minutos do primeiro tempo

Gol foi marcado aos quatro minutos do primeiro tempo


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Um jogo apenas razoável, um resultado fundamental. Foi nesses termos que o treinador Celso Roth resumiu a vitória do Inter sobre o Figueirense por 1 a 0, conquistada no sábado diante de 34.036 colorados nervosos, mas solidários e barulhentos. O único gol foi marcado por Vitinho, logo no começo de partida, e interrompeu uma sequência de quatro derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro.
A situação na tabela mudou pouco, é verdade. O Inter segue em 18º lugar, agora com 30 pontos, e está a três da saída do Z-4. Pode permanecer entre os rebaixados mesmo vencendo o Coritiba, na quinta-feira, jogo que acontece às 19h30min no Beira-Rio. Mas dirigentes e comissão técnica preferiram deixar o contexto ruim um pouco de lado e celebrar a vitória, que mantém o time na briga para escapar do rebaixamento.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia