Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

HOSPITAIS

- Publicada em 13h47min, 18/10/2016. Atualizada em 16h01min, 15/10/2020.

Hospital Moinhos de Vento oferece exames de última geração

Bruna destaca que cada caso é analisado e orientado de maneira individual

Bruna destaca que cada caso é analisado e orientado de maneira individual


FREDY VIEIRA/JC
O Serviço de Radiologia do Hospital Moinhos de Vento oferece o que tem de mais moderno em tecnologia nos exames de Ressonância Magnética. Além de equipamentos de última geração, conta com uma equipe de médicos, técnicos e tecnólogos em radiologia, enfermeiros, técnicos de enfermagem e físicos médicos especializados. Os exames são realizados em uma máquina que utiliza campo magnético e radiofrequência, sem a emissão de radiação ionizante. A física Bruna Bressan Valentini explica que as restrições são para as pessoas que têm alguns tipos de implantes, que contraindicariam o exame por risco de intercorrência com o paciente, mas cada caso é analisado e orientado de maneira individual para garantir a segurança.
O Serviço de Radiologia do Hospital Moinhos de Vento oferece o que tem de mais moderno em tecnologia nos exames de Ressonância Magnética. Além de equipamentos de última geração, conta com uma equipe de médicos, técnicos e tecnólogos em radiologia, enfermeiros, técnicos de enfermagem e físicos médicos especializados. Os exames são realizados em uma máquina que utiliza campo magnético e radiofrequência, sem a emissão de radiação ionizante. A física Bruna Bressan Valentini explica que as restrições são para as pessoas que têm alguns tipos de implantes, que contraindicariam o exame por risco de intercorrência com o paciente, mas cada caso é analisado e orientado de maneira individual para garantir a segurança.
O chefe da unidade, Gustavo Felipe Luersen, ressalta que um grande diferencial do serviço do Moinhos de Vento é a intensidade do campo magnético, com equipamentos modernos e resultados de 1,5 e 3 Tesla, o que possibilita uma melhor qualidade nas imagens. Ele explica que essa tecnologia é superior para exames funcionais para detectar alguns tumores, como o de próstata. "Desde 2008, oferecemos a ressonância multiparamétrica de próstata para localizar tumores", diz ele.
Os pacientes que precisam realizar exames de abdômen para avaliação de fígado também encontram no hospital procedimentos especiais de última geração. Um deles, a ressonância com contraste hepatoespecífico, permite melhor visualização da lesão e tumores malignos. Luersen explica que a instituição conta ainda com uma máquina nova, pioneira no Estado, que pode quantificar a fibrose. Também para o fígado a equipe oferece a elastrografia por ressonância magnética. "Este é um exame importante para detectar a doença hepática crônica, como a quantificação de gordura e ferro no fígado", comenta o médico.
A tecnologia empregada no Moinhos de Vento também é uma grande aliada para os exames de crânio. O hospital é um dos únicos locais no Brasil que realizam exames de crânio para esclerose múltipla com técnicas avançadas para detectar lesões de substância branca e cinzenta. Outro diferencial pioneiro é o exame para avaliação da parede vascular, possibilitando a diferenciação entre doenças vasculares e auxiliando neurologistas na decisão de tratamento. Já a tractografia cerebral por ressonância magnética avalia as vias de conexão. Esta técnica, aliada ao exame funcional do crânio, onde é possível visualizar áreas responsáveis por tarefas, como linguagem e movimento da mão, auxilia os médicos ao planejar uma cirurgia de tumor no cérebro, por exemplo. "O exame auxilia o cirurgião a visualizar melhor a lesão e reduzir os riscos de sequelas", observa Luersen.
A partir deste mês, o hospital também oferecerá exames cardíacos ultrarrápidos, com duração de até 15 minutos, com tecnologias mais avançadas para detecção de isquemia, fibrose e avaliação da função ventricular. Também existem novas técnicas para detecção de alteração no músculo cardíaco, podendo diagnosticar alterações antes que sintomas cardíacos ocorram. Esses procedimentos auxiliarão os médicos na melhor condução dos pacientes em investigação para doença cardíaca.
Comentários CORRIGIR TEXTO