Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

DOENÇAS DEGENERATIVAS

- Publicada em 14h54min, 03/10/2016. Atualizada em 16h22min, 15/10/2020.

Cirurgia inédita para combater o Parkinson é realizada em Passo Fundo

Primeiro procedimento para implante de eletrodos foi realizado em julho

Primeiro procedimento para implante de eletrodos foi realizado em julho


HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO /DIVULGAÇÃO/JC
Em julho, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), de Passo Fundo, fez a primeira cirurgia de Parkinson através da Estimulação Cerebral Profunda no interior do Estado. Segundo o neurocirurgião Leonardo Frighetto, a paciente era uma mulher que sofria com os sintomas da doença há 15 anos.
Em julho, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), de Passo Fundo, fez a primeira cirurgia de Parkinson através da Estimulação Cerebral Profunda no interior do Estado. Segundo o neurocirurgião Leonardo Frighetto, a paciente era uma mulher que sofria com os sintomas da doença há 15 anos.
A cirurgia consiste em implantar eletrodos no cérebro, que são conectados a um gerador semelhante a um marcapasso. "Os eletrodos são implantados em locais específicos do cérebro, localizados através de um equipamento denominado de arco estereotáctico. Com a utilização de imagens de tomografia computadorizada e ressonância magnética de alta definição, o equipamento permite a localização cerebral tridimensional com precisão milimétrica", explica.
A cirurgia teve oito horas de duração, e a paciente recebeu alta hospitalar em três dias. "Seguimos acompanhando a paciente, que, desde o momento da cirurgia, tem apresentado diariamente melhoras significativas de movimentos e qualidade de vida", diz o médico.
Comentários CORRIGIR TEXTO