Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de outubro de 2016. Atualizado às 11h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

Alterada em 31/10 às 12h13min

General Electric fecha acordo para compra da Baker Hughes

A General Electric (GE) fechou um acordo para a compra da Baker Hughes e criação de um novo gigante da área de petróleo e gás. Além de entrar com seu próprio negócio do setor de energia, a GE vai contribuir para a nova empresa com um dividendo especial de US$ 7,4 bilhões. A GE controlará 62,5% da companhia, que terá capital aberto. Acionistas da Baker Hughes ficarão com os 37,5% restantes.
Na semana passada, o The Wall Street Journal havia publicado matéria sobre negociações entre a GE e a Baker Hughes. Se aprovada, a transação criará uma empresa com mais de US$ 32 bilhões em receita e permitirá à GE e Baker Hughes aproveitar sinergias provenientes da aliança.
Após dois anos difíceis, a GE e concorrentes da área de petróleo e gás começam a ter sinais de esperança. Os preços do petróleo, que chegaram a cair a menos de US$ 30 por barril no primeiro semestre, se recuperaram e operam atualmente em torno de US$ 50 por barril.
Nos negócios do pré-mercado em Nova York, as ações da Baker Hughes saltavam 8,6% e as da GE subiam 0,9% por volta das 8h20min (de Brasília). 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia