Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de outubro de 2016. Atualizado às 10h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 21/10 às 11h29min

Bovespa abre em queda, mas reduz perdas com recuperação do petróleo

A Bovespa abriu em queda nesta sexta-feira, 21, mas desacelerou as perdas nos últimos minutos, beneficiada pela recuperação dos preços do petróleo no exterior. Às 10h30min, o Ibovespa recuava apenas 0,10%, aos 63.811,84 pontos, já distante da mínima, quando chegou a cair 0,58% mais cedo, aos 63.471 pontos.
Petrobras ON avançava 0,26% e Petrobras PN subia 0,17%.
Em Londres e em Nova Iorque, os contratos futuros de petróleo têm valorização de cerca de 1,0% em meio a relatos do comprometimento do ministro de energia da Rússia, Alexander Novak, em congelar a produção da commodity, além de uma recuperação após a queda acentuada do preço dos barris na sessão de quinta.
Em Wall Street, os índices futuros das bolsas de Nova Iorque apontam para um início de negócios pesado, com os agentes reavaliando suas expectativas para o futuro da política monetária nos Estados Unidos. Na quinta-feira, as apostas de que o Federal Reserve (o banco central norte-americano) elevará os juros em dezembro ultrapassaram 70% no CME Group, após um dirigente da instituição em Nova York prever que o aumento poderá ocorrer ainda em 2016.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia