Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de outubro de 2016. Atualizado às 10h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Missão à Europa

21/10/2016 - 11h13min. Alterada em 21/10 às 11h59min

Espumante da Miolo conquista Paris após atingir 10 mil garrafas vendidas

Oliveira mostra a garrafa da espumante brut da Miolo que domina carta de vinhos da embaixada em Paris

Oliveira mostra a garrafa da espumante brut da Miolo que domina carta de vinhos da embaixada em Paris


Patrícia Comunello/Especial/JC
Patrícia Comunello
A vinícola Miolo, com sede em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, conquistou Paris. A garantia é dada por brasileiros que atuam na embaixada brasileira na capital francesa onde a espumante da vinícola domina as recepções. É a bebida oficial para brindar com convidados, entre nativos e estrangeiros.
O embaixador do Brasil, Marcos Campos, diz que esta semana a vinícola alcançou a marca de 10 mil garrafas vendidas em Paris nos últimos dois anos. “Isso é motivo de muito orgulho, temos de celebrar!” E a previsão era de fazer um brinde em um evento para não perder a chance de provar mais da bebida.
O comentário foi feito ao receber o governador José Ivo Sartori e comitiva em missão à Europa nessa quinta-feira (21). Campos aproveitou para provocar as demais vinícolas a buscar mais espaço. “A Miolo é um grande exemplo da capacidade brasileira e do Rio Grande do Sul na área alimentar para disputar mercado”, reconheceu o diplomata. “A Miolo está vendendo espumante na terra da champanhe!”
O assistente do embaixador Sebastião de Oliveira garantiu que serve o “nosso vinho (espumante)” para receber as pessoas e reforça que a bebida é considerada uma das melhores vindas do exterior. Oliveira cita que ouviu do dono de uma das lojas especializadas mais conhecidas em Paris que é o produto internacional mais vendido.
“É o carro-chefe, é o mais vendido e o melhor”, reproduziu o assistente, sobre comentário do dono da loja. “É palavra de franceses, de especialistas.” Oliveira lembrou ainda que o preço da garrafa brut está 12,50 euros. “Acho que está mais barato comprar aqui do que no Brasil.”
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia