Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de setembro de 2016. Atualizado às 23h03.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação lava jato

Notícia da edição impressa de 28/09/2016. Alterada em 27/09 às 21h50min

Gleisi e Paulo Bernardo se tornam réus

 Gleisi Hoffmann se torna a primeira senadora ré na Suprema Corte

Gleisi Hoffmann se torna a primeira senadora ré na Suprema Corte


FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR/JC
A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo (PT), se tornaram réus ontem no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A Segunda Turma da Corte decidiu, por unanimidade, 5 votos a 0, aceitar a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Notabilizada pelas defesas acaloradas que fez da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no julgamento do impeachment, Gleisi se torna a primeira senadora ré pela Lava Jato no STF.
Gleisi e Bernardo são investigados por suposto recebimento de R$ 1 milhão de propina de contratos firmados entre empreiteiras e a Petrobras. O dinheiro teria sido usado para abastecer a campanha eleitoral dela em 2010.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia