Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 04 de setembro de 2016. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Opinião

CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 05/09/2016. Alterada em 04/09 às 18h18min

Geração multitarefa

Carla Feller
Buscar e resolver algo pelo celular pode parecer muito comum nos dias de hoje. Segundo pesquisa do Google, 94% dos usuários de smartphones procuram por informações em seus celulares enquanto estão realizando outras tarefas e 80% dos brasileiros que possuem esses aparelhos usam seus dispositivos para obter informações. A massificação do smartphone e da internet é a principal causa dessa alteração de comportamento. Apesar desse crescimento, houve uma queda de 9% no tempo gasto por visita na internet, ou seja, as pessoas estão mais objetivas, sem tempo a perder. Conectam-se e realizam compras a qualquer hora e em qualquer local. Os hábitos de compra do consumidor mudaram. Um exemplo é o varejo. Pesquisas apontam que um em cada três consumidores prefere consultar seu celular dentro da loja a pedir informações a um atendente, e 74% consultam seus telefones enquanto estão na loja decidindo qual produto comprar. Esses pequenos momentos do consumidor são chamados de micromomentos e se dividem em: "momento eu quero saber", "momento eu quero ir", "momento eu quero fazer" e "momento eu quero comprar". E como vender para uma geração multitarefa, que não quer perder tempo e tem toda a informação do mundo nas mãos? Aí está o desafio dos profissionais de comunicação e marketing. Encontrar o momento exato em que os consumidores estão receptivos a receber de forma positiva mensagens das marcas. As empresas que buscam investir no relacionamento com seus consumidores devem entender que esses micromomentos são a principal forma para conquistar e fidelizar os clientes, e que eles ocorrem quando as pessoas usam o smartphone para aprender, assistir ou comprar algo. São instantes em que decisões são tomadas e preferências são despertadas. Portanto, nesse novo e definitivo cenário, as marcas de sucesso de amanhã serão aquelas capazes de entender e atender a essas demandas, conectando-se com seus clientes, exatamente onde eles estão.
Executiva do Sindilojas-NH/Pós-graduada em Marketing
 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia