Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 30 de setembro de 2016. Atualizado às 12h48.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

30/09/2016 - 00h08min. Alterada em 30/09 às 00h08min

Brasileira foi uma das vítimas fatais do acidente de trem nos EUA

Três pessoas morreram quando um trem descarrilou e bateu em uma estação em Nova Jersey

Três pessoas morreram quando um trem descarrilou e bateu em uma estação em Nova Jersey


PANCHO BERNASCONI / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP/JC
Agência Brasil
A advogada brasileira Fabíola Bittar de Kroon, 34 anos, foi a única vítima fatal do acidente com um trem de passageiros que descarrilou nesta quinta-feira (29) ao chegar à Estação Hoboken, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. O Ministério de Relações Exteriores brasileiro informou que o consulado do Brasil em Nova Iorque foi comunicado pelo governo norte-americano sobre a identidade de Fabíola.
De acordo com a imprensa internacional, Fabíola Bittar estava na plataforma e foi atingida por parte do teto da estação que desabou após o acidente. Segundo informações preliminares, o trem não conseguiu parar ao entrar na Estação Hoboken e chocou-se contra a plataforma. Três pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas, algumas em estado grave, quando um trem descarrilou e bateu em uma estação durante a hora do rush da manhã.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Daniel Bandeira 30/09/2016 08h02min
A brasileira foi a única vítima fatal, mas 3 pessoas morreram? Juro que não entendi