Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de setembro de 2016. Atualizado às 20h48.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Greve

Alterada em 22/09 às 20h48min

Bancários fecham 17 dias de greve em todo o país, nesta quinta

Nesta quinta-feira (22) os bancários chegaram ao seu 17º dia de paralisação. Segundo o SindiBancários, na área de abrangência do sindicato 297 agências ficaram fechadas hoje. Em todo o Rio Grande do Sul, 1.007 agências não abriram. Pelo país, 13.159 agências permaneceram fechadas.
Segundo o sindicato, a falta de diálogo por parte dos representantes dos banqueiros na Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) tem caracterizado a greve. Com o crescimento da paralisação, o Comando Nacional dos Bancários decidiu se reunir na próxima segunda-feira, (26) em São Paulo, na sede da Contraf-CUT, a partir das 14h. Os dirigentes sindicais irão avaliar as paralisações e mobilizações e definir os próximos passos a serem seguidos.
As reivindicações da categoria foram entregues aos bancos no dia 9 de agosto, a Fenaban apresentou uma proposta, porém os trabalhadores consideram que ela não contempla as reivindicações dos trabalhadores. Já foram oito rodadas de negociação sem sucesso.
Na área de abrangência do SindBancários, os trabalhadores se integraram à agenda do Dia Nacional de Lutas e Paralisações, chamado pelas Centrais Sindicais. O ato teve caminhadas pela cidade e manifestação em frente ao Palácio Piratini.
A última proposta da Fenaban propôs reajuste de 7% no piso e verbas salariais (vales e auxílios), além de abono no valor de R$ 3.300,00. Os bancários rejeitaram a proposta no dia 12 de setembro. Depois disso, a Fenaban não apresentou mais nenhuma proposta.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia