Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de setembro de 2016. Atualizado às 00h09.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança

Notícia da edição impressa de 15/09/2016. Alterada em 15/09 às 00h04min

Governo vai enxugar pasta e exonerar servidores

O secretário de Segurança Pública, Cezar Schirmer, se reuniu com o governador José Ivo Sartori ontem para apresentar um pacote de medidas emergenciais. Atualmente, a pasta conta com dez departamentos e 34 divisões. A proposta de Schirmer reduz o número de departamentos para cinco e de divisões para 20.
"Iremos devolver às corporações, de imediato, 46 policiais civis e militares que trabalham na secretaria e exoneraremos 17 servidores civis. Portanto, a partir de agora, a secretaria terá 63 servidores a menos", garante Schirmer. Os policiais se somarão aos 50 brigadianos da reserva que trabalharão de forma sistemática em dias da semana pré-determinados e aos 120 soldados-alunos que iniciam o estágio supervisionado em Porto Alegre.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia