Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 02 de setembro de 2016. Atualizado às 17h48.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

segurança

02/09/2016 - 17h50min. Alterada em 02/09 às 17h51min

Ministério autoriza Força Nacional a permanecer por mais 60 dias no RS

Os agentes da Força Nacional vão trabalhar em conjunto na Operação Avante

Os agentes da Força Nacional vão trabalhar em conjunto na Operação Avante


JONATHAN HECKLER/JC
Agência Brasil
A Força Nacional de Segurança Pública foi autorizada hoje (2) pelo Ministério da Justiça a atuar por mais 60 dias em ações de policiamento ostensivo contra a criminalidade na capital gaúcha, em apoio à Brigada Militar do Rio Grande do Sul.
Os agentes vão trabalhar em conjunto na Operação Avante, que visa a prevenção de roubo de veículos e transportes coletivos. A medida foi acatada durante reunião, em Brasília, entre o presidente Michel Temer e o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Santori, na última terça-feira (30). Até então, o policiamento ostensivo será restrito a Porto Alegre.
Durante toda a operação, os agentes da Força Nacional terão acesso a todos os sistemas de segurança pública. Cerca de 120 agentes das Forças Armadas foram enviados ao Rio Grande do Sul, em 30 viaturas. Na tarde do dia 29,os agentes fizeram reconhecimento da área onde vão atuar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia