Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 05 de setembro de 2016. Atualizado às 21h03.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

eliminatórias da copa

Alterada em 05/09 às 21h08min

Neymar será o alvo dos colombianos para a partida desta terça-feira em Manaus

Os jogadores da Colômbia dizem que não, mas dão indícios que provocar Neymar será uma das estratégias que utilizarão no jogo desta terça-feira contra o Brasil, na Arena Amazônia, em Manaus, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Eles passaram os últimos dias afirmando que é o brasileiro o provocador por cair em campo a qualquer contato e por ser maldoso em algumas situações de disputa de bola. Eles não admitem ter recorrido à violência para tentar parar Neymar no passado.
“Todos conhecemos o jeito de Neymar jogar futebol, sua maneira de ser. Mas são coisas que acontecem dentro de campo. Fora deve ser um bom garoto”, provocou o zagueiro Jeison Murillo, que joga na Internazionale, acrescentando: “Temos de pensar no nosso jogo”.
O volante Perez foi um dos primeiros a se manifestar contra Neymar, dizendo que os colombianos “não gostam” da mania do atacante de procurar o contato físico e de jogar. “De nossa parte, vamos procurar jogar futebol”.
Na bola, a Colômbia pretende surpreender o Brasil com toque de bola e velocidade. O treinador argentino José Pekerman acredita que a boa apresentação do time na rodada anterior contra a Venezuela (vitória por 2 a 0 sobre a lanterna das Eliminatórias, em um jogo em que perdeu dois pênaltis) deu confiança aos jogadores.
Ele não terá o volante Daniel Torres, que terá de cumprir suspensão, e tem uma dúvida entre Perez e Wilmar Barrios.
José Pekerman não estaria em situação confortável na seleção colombiana. Segundo a imprensa do país, ele está negociando a sua saída do comando da equipe, o que deve ocorrer no mês de outubro. E nesta terça-feira o meia James Rodríguez, do Real Madrid, completa 50 jogos pela seleção.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia