Parcial aponta R$ 1,8 bilhão em vendas de máquinas agrícolas até quinta



Venda de equipamentos na Expointer superou o saldo de 2015, segundo Simers
CRÉDITO: Claiton Dornelles/Especial/JC
Até quinta-feira (1), a venda de máquinas e implementos agrícolas na Expointer 2016 alcançou R$ 1,8 bilhão, segundo parcial divulgada pelo Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas do RS (Simers). O valor já supera o total negociado em 2015, que chegou a R$ 1,69 bilhão em transações do setor de máquinas, número que reflete intenções de compra, pois as propostas ainda precisam ser aprovadas nos bancos.  
O presidente do Simers, Claudio Bier, admitiu ter ficado surpreso com o valor negociado. "A meta era repetir os números do ano passado, mas já superamos. O movimento está aquecido, com muitas vendas sendo fechadas ainda no fim de semana", diz. Neste domingo (4), último dia de feira, será divulgado o balanço final dos negócios.
A Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (CSMIA/Abimaq) fez um balanço que contrasta com o do Simers. A CSMIA/Abimaq informou que fez uma pesquisa com empresas associadas que estão na feira e apontou intenção de compra na área de grãos 6% inferior a da edição de 2015. Para a pecuária, a expectativa foi 16% menor, e em armazenagem, recuo de 15%.
O presidente da câmara setorial, Pedro Estevão Bastos, disse, em nota, que os números refletem um ano que começou em queda para grãos, reagiu a partir de maio e aponta recuperação no último trimestre. "Em 2016, devemos fechar com vendas no mesmo patamar das de 2015", conclui Bastos. 


Publicado em 03/09/2016.