Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de setembro de 2016. Atualizado às 22h28.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

Notícia da edição impressa de 30/09/2016. Alterada em 29/09 às 20h22min

Produção industrial gaúcha tem maior alta desde 2014

 INDÚSTRIA, LINHA DE PRODUÇÃO.  FOTO DA CAPA    FÁBRICA DA AGCO EM CANOAS

INDÚSTRIA, LINHA DE PRODUÇÃO. FOTO DA CAPA FÁBRICA DA AGCO EM CANOAS


CLAITON DORNELLES/JC
Ao atingir 52,9 pontos em agosto, o índice de produção da indústria gaúcha puxou o crescimento da atividade do setor no Estado. Foi a mais expressiva elevação mensal desde fevereiro de 2014, quando havia alcançado 54,2 pontos, aponta a Sondagem Industrial, divulgada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) nesta quinta-feira. Emprego, com 47,1 pontos, também apresentou uma leve melhora no mês (46,3 pontos em julho), embora continue a revelar queda por seguir abaixo dos 50 pontos.
"Com a chegada do final do ano, a expectativa é de que ocorra uma pequena melhora. Mas a verdade é que o empresário não sabe se conseguirá passar pelo próximo ano, a permanecer o cenário econômico atual", afirma o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. A retração mantém o indicador de emprego sem expansão desde março de 2014, quando esteve em 52,7 pontos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia