Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de setembro de 2016. Atualizado às 19h18.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

Alterada em 27/09 às 19h19min

Jacob Lew diz que Brasil está prestes a retomar crescimento econômico

O secretário de Tesouro dos Estados Unidos, Jacob Lew, acredita que o Brasil está "prestes a retomar o crescimento econômico". A avaliação foi feita após uma série de reuniões na capital federal com o presidente Michel Temer, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.
Lew demonstrou confiança com a agenda de reformas estruturais no Brasil. "O Brasil está prestes a retomar o crescimento. Já há recuperação da confiança dos consumidores e dos investidores", disse em conversa com jornalistas na Embaixada dos Estados Unidos.
Lew explicou que a confiança com o Brasil cresce diante dos sinais de que avança a agenda de reformas. "O que ouvi é o compromisso do governo e a confiança de que as medidas avançarão no Congresso", disse o secretário norte-americano. Para o secretário dos EUA, "lideranças políticas e econômicas estão tomando medidas para, passo a passo, entregar" as reformas estruturais. "Essas reformas vão ajudar a economia brasileira", disse.
Na segunda-feira, Jacob Lew esteve na Argentina na primeira visita de um secretário de Tesouro dos EUA ao país vizinho desde 2002. "Estamos trabalhando junto com o governo (Maurício) Macri nas reformas", disse.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia