Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de setembro de 2016. Atualizado às 00h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

Notícia da edição impressa de 27/09/2016. Alterada em 26/09 às 21h05min

Reunião da Opep será informal e para consultas

O secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Mohammad Sanusi Barkindo, afirmou ontem que a reunião de produtores da commodity marcada para amanhã será informal e "para consultas". A declaração reduz a possibilidade de um acordo para conter as exportações e impulsionar o preço do barril.
Membros da Opep e a Rússia devem se reunir no intervalo do Fórum Internacional de Energia. Segundo a avaliação do JPMorgan, a chance de um acordo está na casa dos 25%. Para o banco, de qualquer modo, as conversas são um passo necessário para qualquer futuro pacto, se não na reunião de novembro da Opep, talvez "mais provavelmente" na reunião ministerial da Opep marcada para meados de 2017.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia