Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de setembro de 2016. Atualizado às 12h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Alterada em 12/09 às 12h15min

HP compra divisão de impressoras da Samsung por US$ 1,05 bilhão

A HP fechou um acordo para comprar a divisão de impressoras da Samsung Electronics por US$ 1,05 bilhão. O acordo busca auxiliar a empresa do Vale do Silício a crescer no setor de dispositivos com grande volume de negócios, que lidam com a impressão e as cópias para grupos de funcionários de escritórios.
A transação, sujeita ao aval regulatório, deve ser fechada dentro de 12 meses, afirmaram nesta segunda-feira (12) as companhias. Após ela ser concluída, a Samsung concordou em fazer um investimento de US$ 100 milhões a US$ 300 milhões na HP por meio da compra de ações no mercado aberto.
Criada como parte da divisão da Hewlett-Packard no ano passado, a HP vende computadores pessoais, mas obtém a maior parte de seu lucro com o fornecimento de tintas e de toner para as impressoras que comercializa. Ela é a líder no mercado no segmento de impressoras para computadores de mesa.
Esse negócio, porém, não tem crescido recentemente, em parte porque os usuários de computadores pessoais imprimem menos páginas atualmente. No mês passado, a HP informou que teve uma queda de 18% em sua receita com tinta e toner no terceiro trimestre fiscal, na comparação com igual período do ano passado, enquanto a unidade de vendas de hardware de impressoras caiu 10%.
O executivo-chefe da HP, Dion Weisler, afirmou que a empresa busca melhorar a receita com combinações maiores de impressoras e copiadoras, conhecidas pela designação A3, um segmento dominado por empresas como a Xerox Corp., a Canon, a Ricoh e a Konica Minolta. A Samsung já tem um negócio de vendas nesse segmento A3, que a HP adquire agora.
A HP também obterá a capacidade de manufaturar mecanismos cruciais dentro de impressoras a laser, conhecidas como mecanismos de impressão. A Samsung desenvolveu esses mecanismos usados em suas próprias impressoras a laser, enquanto a HP tem usado fornecedores externos para obter esses componentes. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia