Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de setembro de 2016. Atualizado às 14h47.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

união europeia

11/09/2016 - 14h48min. Alterada em 11/09 às 14h49min

Britânicos podem precisar de visto para visitar países da UE após Brexit

O ministro da Imigração da Grã-Bretanha, Âmbar Rudd, disse que os cidadãos do Reino Unido podem ter que precisar de vistos para visitar países da União Europeia (UE) depois que o país decidiu deixar o bloco, movimento conhecido como "Brexit".
Rudd disse que isso não seria desejável, "mas nós não podemos descartar esta hipótese". Em entrevista à BBC neste domingo, Russ disse que tentará obter o melhor acordo com a UE, mas que seria uma "negociação de duas vias".
A zona de Schengen da UE - que inclui a maioria das nações do bloco - possui um sistema de autorização eletrônica de viagem semelhante ao que os EUA utilizam para visitantes de países selecionados.
Os visitantes de fora da UE teriam que fazer este pedido online e pagar uma taxa antes de viajar. O porta-voz da imigração do Partido Trabalhista, Andy Burnham, disse que os comentários de Rudd "não vão tranquilizar as famílias comuns sobre o custo do Brexit".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia