Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de setembro de 2016. Atualizado às 11h05.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria automotiva

Alterada em 07/09 às 11h07min

Volkswagen estuda joint venture para produzir carro elétrico na China

A Volkswagen está avaliando a possibilidade de criação de uma joint venture com uma companhia estatal chinesa para fabricar carros elétricos, num momento em que os fabricantes de automóveis buscam alternativas para cumprir a regulação chinesa cada vez mais rígida sobre emissões.
A fabricante alemã assinou um memorando de cooperação para uma potencial joint venture com a China Anhui Jianghuai Automobile Co., informou a companhia chinesa nesta quarta-feira. As duas empresas pretendem chegar a um acordo formal em cinco meses. A negociação, confirmada pela Volkswagen, definiu que cada empresa terá 50% de participação na joint venture.
A Volkswagen é uma das maiores companhias automotivas estrangeiras na China, com operações no país há três décadas. A companhia tem parcerias com dois produtores de veículos locais: a SAIC Motor Co., em Xangai, e a FAW Group Co., no nordeste chinês.
A Jianghuai, de Hefei, na província Anhui, no leste da China, é uma grande fabricante de caminhões e também constrói carros convencionais e elétricos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia