Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de setembro de 2016. Atualizado às 10h38.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 27/09/2016. Alterada em 26/09 às 22h47min

A água que move o País

ALEXANDRE MARCHETTI/ITAIPU BINACIONAL/DIVULGAÇÃO/JC
A Itaipu Binacional é um fenômeno de eficiência energética. Na última sexta-feira, a usina atingiu a marca dos 75 milhões de megawatts-hora (MWh). É a primeira vez na história que a usina cumpre toda a geração contratual anual já no mês de setembro. A energia gerada em um ano pela hidrelétrica é suficiente para atender a cidade de São Paulo ou o Paraná por dois anos e meio ou, ainda, o Brasil por cerca de dois meses.

De Obama para Hillary

Quando da primeira eleição de Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos, um jornalista gaúcho entrou - ele não sabe como - no mailing do comitê de campanha do candidato democrata. Claro, se desse para pingar alguns dólares ele não ficaria brabo. Agora, ele recebeu mensagem da filha de Hilary Clinton, Chelsea, pedindo para votar na mãe. Lá, como cá, mailings valem ouro.

Os hieróglifos

A propósito da nota de ontem sobre as disciplinas de décadas anteriores em relação às atuais, leitor comenta que a página esqueceu um detalhe: a caligrafia horrorosa dos alunos de hoje. Como tudo é feito no computador, escreve-se pouco em linguagem cursiva. São hieróglifos impossíveis de decifrar.

A fuga do armário

Esqueletos que saem dos armários reforçam o time dos executivos e políticos que fogem como o diabo da cruz de ofertas de cargos que impliquem em ser ordenadores de despesas. O vencimento é baixo, a responsabilidade é enorme, e o futuro é de sobressaltos.

Da terra do não...

Um empresário local que tenta emplacar um projeto de atração turística diz que não faltam estrangeiros interessados em investir aqui. Mas a insegurança jurídica, somada à burocracia, e a onipresente rejeição de parte da sociedade tiram o entusiasmo dos estrangeiros.

...à terra do nunca

Mas quando nós vamos despertar? Investimentos estão passando bem na frente do nosso nariz e não aterrissam aqui por causa deste e de outros problemas já conhecidos. Se é bom, somos contra. É o lema revisto e ampliado com anabolizantes do antigo bordão "Hay gobierno, soy contra".

Dia D

Tesoureiros de partidos estão preocupados com a greve dos bancários. É que nesta sexta-feira, dia 30, as siglas devem apresentar a contabilidade final dos gastos e doações de campanha. E tudo tem que ser pago, pelos candidatos, por meio de cheques, com CNPJ nos recibos. Para pagar fornecedores só por meio eletrônico.

Por falar em greve...

...o setor de alimentação registra queda de movimento com a paralisação. Levantamento realizado pelo Sindicato de Hospedagem e Alimentação de POA e Região (Sindha), revela que, na Capital, a queda do faturamento foi em torno de 7%. Os bairros mais impactados são Menino Deus (15% de queda) e o Centro (13%). Garçons também deixam de faturar.

Medicina Esportiva

Desenvolvido pelo Instituto de Medicina do Esporte do Hospital Mãe de Deus, o Summer Start, programa de estilo de vida saudável, será apresentado no 34º FIMS World Congress of Sports Medicine, que começa nesta quinta-feira em Ljubljana, Eslovênia. A apresentação do projeto será conduzida pelo diretor do instituto, o médico do esporte, Felix Albuquerque Drummond.

Miúdas

  • PEDRAS de dominó enfileiradas na vertical vão caindo uma a uma com o empurrão da Lava Jato.
  • EXPRESSÃO "não ficará pedra sobre pedra" é mais atual do que nunca neste País.
  • COM a devida licença de Olavo Bilac: Criança, não verás campanha eleitoral tão morna como esta.
  • 128 virou febre nas redes sociais. É o único número que virou nome de gente: Antonio Palocci.

Finais

  • SEAQUARTIUM Brasil participa, nesta semana, do IAC - International Aquarium Congress no Canadá, em Vancouver.
  • SICREDI foi contemplado com o Prêmio Lide Agronegócios 2016 categoria Crédito.
  • ENTREGA do Prêmio José Lutzenberger de Jornalismo Ambiental, com apoio da Braskem, será hoje/19h30min/Teatro Bruno Kiefer.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Carlos Alberto Schneider 27/09/2016 10h19min
Bom dia. Ontem fiz uma retificação sobre um comentário que fiz e foi publicado na sua coluna e o J. Comercio não colocou uma correção que mandei mais adiante. Para mim é importante. nErrei sobre a coincidência dos números que envolvem o PT. nPortanto, segue novamente. O PT começou a governar o pais em 2003, felizmente caiu em 2016. A coincidência é que o N.º do PT é 13. nPortanto, 2003 + 13= 2016. "las bruxas excisten".