Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de agosto de 2016. Atualizado às 00h36.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara dos Deputados

Notícia da edição impressa de 11/08/2016. Alterada em 10/08 às 22h56min

Câmara vota cassação de Cunha em setembro

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou para o dia 12 de setembro a votação em plenário do pedido de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A informação foi dada pela assessoria de imprensa da presidência da Câmara. O parecer do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar que recomenda a cassação de Cunha por quebra de decoro parlamentar foi lido em plenário na segunda-feira.
Antes do anúncio, Maia disse que é legítimo a base aliada do presidente interino Michel Temer (PMDB) defender que a votação do processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) só aconteça após o julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) no plenário do Senado. Segundo ele, se for antes das eleições, mesmo que seja em setembro, o quórum será alcançado.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia