Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 11h16.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Crise Política

Notícia da edição impressa de 10/08/2016. Alterada em 10/08 às 11h24min

Discursos indicam maioria pró-impeachment

Ricardo Lewandowski (d) coordenou a sessão no plenário da Casa

Ricardo Lewandowski (d) coordenou a sessão no plenário da Casa


ANTONIO CRUZ/ABR/JC
Próxima da metade, a fase de discursos no plenário do Senado nesta terça-feira mostrava um cenário majoritariamente pró-impeachment. Ao final da sessão, haverá uma decisão por tornar ou não a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) ré no processo que julga seu afastamento da presidência da República.
Até o fechamento desta edição (21h), dos 22 senadores que usaram o direito de discursar na tribuna - cada um teve direito a 10 minutos -, apenas sete defenderam que a petista retorne à presidência, enquanto os 15 demais se manifestaram contra Dilma.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia