Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 02h40.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Assembleia Legislativa

Notícia da edição impressa de 10/08/2016. Alterada em 09/08 às 22h26min

Projeto que estabelece transporte hidroviário entra na ordem do dia, mas acaba adiado

Líder do governo, Gabriel Souza alegou problemas técnicos

Líder do governo, Gabriel Souza alegou problemas técnicos


MARCELO BERTANI/AGÊNCIA ALRS/JC
Marcus Meneghetti
Depois de o projeto que inclui o Transporte Público Hidroviário no Sistema Estadual de Transporte Público Intermunicipal de Passageiros de Longo Cursos ser colocado na ordem do dia com o aval de todas as bancadas da Assembleia Legislativa, os deputados estaduais da base do governo retiraram o quórum da sessão de ontem para não votar a matéria.
O autor do projeto, deputado Pedro Ruas (P-Sol), disse que lhe causou "estranheza" a manobra, uma vez que todos os líderes de bancadas haviam acordado na reunião de líderes - encontro realizado todas as terças-feiras de manhã, para decidir quais projetos entrarão na pauta - em votar a matéria ontem.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia