Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de agosto de 2016. Atualizado às 00h46.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

China

Notícia da edição impressa de 11/08/2016. Alterada em 10/08 às 22h52min

Protesto suspende plano de usina de tratamento de resíduos nucleares

Depois que milhares de pessoas tomaram as ruas de Lianyungang, no Leste da China, para protestar contra a possibilidade de instalação de uma usina de tratamento de resíduos nucleares, a prefeitura da cidade suspendeu temporariamente o projeto.
Autoridades do Partido Comunista afirmaram que as manifestações são ilegais e advertiram militantes para não se juntarem aos protestos, ou até mesmo observá-los nas ruas ou discutir nas redes sociais, com o risco de serem "seriamente investigados". Ao mesmo tempo, prometeram ser transparentes sobre o projeto, que considera essencial para o futuro energético da China.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia