Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 02 de agosto de 2016. Atualizado às 22h41.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Educação

Notícia da edição impressa de 03/08/2016. Alterada em 02/08 às 21h43min

Projeto Escola sem Mordaça é protocolado na Assembleia

O deputado estadual Juliano Roso (PCdoB) protocolou ontem, na Assembleia Legislativa, o projeto Escola sem Mordaça. A intenção do parlamentar é garantir a livre manifestação de pensamento nas escolas públicas e privadas gaúchas. A medida visa assegurar a manifestação do educador em sala de aula sem qualquer censura ou vigilância, que colocaria em xeque o ambiente plural, democrático e de possibilidade de aprendizagem.
Recentemente, o Ministério Público Federal (MPF) e a Advocacia-Geral da União (AGU) condenaram leis que cerceiam educadores nas salas de aulas.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia