Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de agosto de 2016. Atualizado às 11h03.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Mobilidade urbana

Notícia da edição impressa de 03/08/2016. Alterada em 02/08 às 22h11min

Obra da trincheira da Anita Garibaldi deve ser entregue em outubro

Com 210 metros de extensão, estrutura recebeu investimento de R$ 13,4 milhões

Com 210 metros de extensão, estrutura recebeu investimento de R$ 13,4 milhões


FREDY VIEIRA/JC
Quase quatro anos depois do início das obras, a trincheira da Anita Garibaldi, em Porto Alegre, finalmente deve ser concluída e entregue à população até o final do mês de outubro. Com cerca de 90% dos serviços concluídos, os trabalhos foram vistoriados na manhã de ontem pelo prefeito José Fortunati.
O investimento na estrutura, com 210 metros de extensão, é de R$ 13,4 milhões. Uma média de 75 mil veículos passa por dia pelo local. Durante a visita, Fortunati destacou a complexidade da obra, que sofreu alterações inicialmente não previstas no projeto. "Estaremos liberando completamente a Terceira Perimetral, retirando sinaleiras e dando segurança à população", disse o prefeito, ao lembrar da existência de uma pedra maior do que apontava o estudo geológico, fator que alterou o cronograma inicial.
A obra teve ordem de início em junho de 2012, mas os trabalhos começaram apenas em janeiro de 2013. A previsão inicial da prefeitura era de que a estrutura viária estivesse pronta em janeiro de 2014, antes da Copa do Mundo, portanto.
Fortunati e a equipe técnica da prefeitura vistoriaram também as obras das trincheiras das avenidas Cristóvão Colombo, por onde circulam 85 mil veículos, que também deverá ser entregue em outubro; e Ceará, que deve estar concluída até o final do ano.
Status das obras na trincheira da Anita
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
paulo chiella 03/08/2016 10h42min
Imaginem, se estas obras fossem com dimensões maiores, o quanto tempo levariam para aprontar.