Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de agosto de 2016. Atualizado às 00h10.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

Alterada em 25/08 às 00h12min

Atlético-MG leva susto no Mineirão, mas empata com a Ponte na Copa do Brasil

Atlético Mineiro e Ponte Preta ficaram no empate por 1 a 1 pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (24) no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Roger abriu o placar para o time paulista no primeiro tempo e Robinho deixou tudo igual na segunda etapa.
Com o resultado, o time paulista joga por um empate sem gols na partida de volta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), no dia 21 de setembro. Um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis e qualquer outro empate classifica o Atlético. Quem vencer fica com a vaga nas quartas.
Jogando em casa, o Atlético começou melhor e criou algumas chances de perigo que pararam nas defesas do goleiro Aranha. Em velocidade, Robinho e Otero eram os responsáveis pelos lances mais agudos do time mineiro, mas a defesa pontepretana estava bem postada e não permitia infiltrações na área.
O time paulista também era perigoso apostando nos contra-ataques e foi letal na primeira boa chance que teve na primeira etapa. Aos 37 minutos, Clayson pegou mal na bola ao tentar finalizar para o gol e ela sobrou para Roger. O centroavante mostrou frieza e oportunismo para tocar de primeira na saída do goleiro Uilson e abrir o placar. O titular Victor sentiu dores lombares no aquecimento e deixou sua vaga para o goleiro campeão olímpico.
Depois do intervalo, o Atlético voltou com outra postura para a segunda etapa e pressionou o adversário. Com marcação alta, a equipe mineira recuperava a bola no ataque e rondava a área de Aranha. O empate quase saiu em chute de Carlos aos oito minutos, mas a bola parou na trave. Dez minutos mais tarde, Maicosuel arrancou e tocou para Robinho bater rasteiro e deixar tudo igual fazendo a festa da torcida no Mineirão.
Na reta final da partida, o volante Rafael Carioca, convocado pelo técnico Tite para os próximos jogos da seleção brasileira, sentiu dores no tornozelo. Como Marcelo Oliveira já tinha feito três substituições, o Atlético jogou com um homem a menos. Mesmo com dez, o time da casa seguiu melhor, mas não conseguiu concretizar as chances criadas e a partida terminou mesmo com o empate por 1 a 1.
As duas equipes voltam as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No sábado, às 16 horas, a Ponte Preta recebe o Corinthians, em Campinas. O Atlético-MG vai pegar o Grêmio, domingo, às 16 horas, em Porto Alegre.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia