Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 23 de agosto de 2016. Atualizado às 23h10.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Série B

Alterada em 23/08 às 23h14min

Atlético-GO derruba Brasil em Pelotas e assume vice-liderança da Série B

Brasil de Pelotas desperdiçou a chance de voltar ao G4

Brasil de Pelotas desperdiçou a chance de voltar ao G4


Carlos Insaurriaga/Brasil/Divulgação/JC
O Atlético-GO levou a melhor contra o Brasil de Pelotas em confronto direto na briga por uma vaga no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Pela 21ª rodada da competição, o time goiano venceu por 1 a 0 no estádio Bento Freitas, em Pelotas e assumiu a segunda colocação da tabela, na noite desta terça-feira.
Com 37 pontos, o Atlético fica atrás apenas do líder Vasco, com três pontos a mais e um jogo a menos. O Brasil, com 33, é o primeiro time fora do G4, mas ainda está na briga. O CRB, atual quarto colocado, tem a mesma pontuação e só fica à frente pelo número de vitória: 10 a 9. A rodada, no entanto, está apenas começando e sete jogos serão disputados na próxima sexta-feira e no sábado.
Empurrado pela torcida, o Brasil começou jogando para cima e buscando o gol de abertura do placar, mas acabou cedendo muito espaço para os contragolpes do Atlético. E foi justamente assim que o time goiano marcou aos 15 minutos. Michel cruzou rasteiro da direita e o meia Magno Cruz pegou de primeira e acertou o canto esquerdo para anotar o único gol da partida.
Em vantagem, o Atlético recuou ainda mais e deu campo para o time da casa pressionar em busca do empate. Aproveitando jogadas de bola parada e levantamentos para a área, o Brasil de Pelotas levava perigo e só não igualou o marcador na primeira etapa porque o goleiro Klever foi decisivo com importantes defesas.
A pressão do Brasil continuou durante toda a segunda etapa. Se segurando como pôde, o Atlético contou com mais intervenções de Klever em chutes de longa distância, cabeçadas à queima-roupa e até mesmo uma bicicleta de Felipe Garcia. Substituto do ídolo Márcio, que foi negociado com o rival Goiás, o goleiro foi o grande destaque da partida e garantiu a importante vitória atleticana.
Na próxima rodada, o Atlético recebe o Ceará às 20 horas da segunda-feira, dia 29, no Serra Dourada, em Goiânia (GO). E o Brasil de Pelotas visita o Bragantino às 21h30 da terça (30) no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).
Brasil de Pelotas 0 x 1 Atlético/GO
Eduardo Martini; Weldinho, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Washington, Leandro Leite, Diego Oliveira (Clébson) e Elias (Nathan); Felipe Garcia e Ramon (Gustavo Papa). Técnico: Rogério Zimmermann.
Klever; Matheus Ribeiro, Marllon, Lino e Romário; Michel, Pedro Bambu, Jorginho (Ricardo Silva) e Magno Cruz (Júnior Viçosa); Gilsinho e Alison (Bruno Barra). Técnico: Marcelo Cabo.
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia