Se depender da oferta, negócios vão prosperar



Revendas de implementos terão plataforma do BB
CRÉDITO: MARCOS NAGELSTEIN/Arquivo/JC
As instituições bancárias, mais uma vez, prometem diversas linhas de crédito para fomentar os negócios na Expointer. Se depender de linhas de crédito, não faltará oportunidade para produtores fecharem negócios na feira. O Banco do Brasil (BB), que detém grande parte da carteira de crédito rural do País, repetirá a estratégia das últimas edições e não haverá limitação dos recursos disponibilizados aos produtores.
Entre as apostas para esta edição estão as linhas de crédito Pronaf Mais Alimentos e Pronaf Agroindústria (com taxas de juros de 2,5% a 5,5% ao ano), Pronamp Investimento e Finame Moderfrota. Além, do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) e do Moderinfra. Por tratar-se da primeira grande feira oficial do calendário do Plano Safra 2016/2017, o Banco do Brasil pretende trabalhar ativamente na disponibilização de recursos e no fechamento de negócios em Esteio. Uma das ações para fisgar a clientela, lançada já na edição do ano passado, é dotar as revendas de implementos agrícolas de todo o Estado presentes na feira com a Esteira Agro BB para originação de propostas e encaminhamento dos pedidos de financiamento através do Portal de Crédito, pela internet, diretamente ao banco. "A análise de propostas encaminhadas na feira será priorizada, imprimindo maior velocidade ao processo de análise e contratação das operações", explica o gerente de mercado agronegócios do BB, João Paulo Comerlato. 
Outro banco que estará com força em Esteio é o Santander. A instituição anunciou a oferta R$ 240 milhões em crédito pré-aprovado na Expointer - sem necessidade de que o cliente apresente todos os documentos. Nos nove dias da feira, todo o bem protocolado como garantia estará isento da taxa flat (percentual que incide sobre o valor total da compra), com opção de financiamento de cinco a 10 anos, com apenas 20% de entrada e o próprio bem em garantia. Os visitantes da exposição ainda terão acesso aos lançamentos mais recentes da área de agronegócio do banco: o KGiro Agro (linha de capital de giro), o Seguro de Vida do Produtor Rural e a ContaSuper (conta digital que pode ser utilizada como solução de folha de pagamento em setores com alta rotatividade de mão de obra). O Santander também aceitará propostas de planejamento para a safra 2016/2017.
"Estamos ajustando cada vez mais nossas ofertas às necessidades do produtor rural e da cadeia do agronegócio. Queremos ir muito além do crédito rural: diversificamos nosso portfólio para que os produtores contem com recursos e assessoramento em todos os momentos, seja no campo ou na cidade", afirma Carlos Aguiar, superintendente executivo de agronegócios do Santander Brasil. O banco trabalha constantemente para diminuir a burocracia na área e, no ano passado, reduziu em 40% o tempo para liberar empréstimos. As linhas disponíveis na feira serão Custeio (mix de recursos obrigatórios e livres e Pronamp), Investimentos (recursos livres e Bndes), Moderfrota, Moderinfra Irrigação, ABC, Inovagro, PCA Armazéns, Moderagro, Prodecoop, Pronamp Investimento, Procap Cotas e Giro, CPR, Leasing e CDC.

Banrisul e Badesul fortalecem presença regional no parque

Carteira rural do Banrisul inclui animais, máquinas e equipamentos

EXPOINTER 2011. PRODUTORES EM BUSCA DE CRÉDITO DURANTE A EXPOINTER 2011
Crédito: MARCOS NAGELSTEIN/JC

O Banrisul também contará com a facilidade do crédito pré-aprovado para agilizar os negócios durante a feira. O banco anunciou que está preparado para atender as necessidades de agricultores de todos os portes, incluindo cooperativas e empresas do setor do agronegócio. A carteira de crédito rural do Banrisul receberá pedidos de financiamentos, tanto para a compra de animais, como de máquinas e equipamentos agrícolas.
Neste ano, com as melhorias implantadas no novo sistema de gerenciamento de propostas para as linhas de longo prazo, o cliente que já definiu o equipamento ou a máquina agrícola que deseja adquirir no evento pode encaminhar seu pedido diretamente na revenda credenciada ao Banrisul. Esta sistemática oferece mais agilidade e rapidez na concessão de financiamento ao produtor rural.
Os clientes do Banrisul também podem financiar matrizes e reprodutores de bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos. O limite de financiamento é de até 100% do valor do animal. Na Expointer, no estande de Agronegócios e na agência do Banrisul, haverá uma equipe de técnicos especializados para atendimento das demandas dos clientes.
O Badesul vai marcar presença apresentando opções para os produtores gaúcho. Além de disponibilizar R$ 200 milhões em crédito para a feira, não cobrará taxa de análise para projetos de financiamento protocolados entre 1 de agosto até o encerramento da Expointer. A atuação da instituição ocorrerá através de financiamentos direcionados à aquisição de tratores, colheitadeiras, implementos agrícolas, equipamentos de irrigação, açudes, correção de solos, armazenagem e tantos outros fins para modernização do setor primário gaúcho. A inserção, a ampliação e a modernização de estruturas de armazenagem e a irrigação continuam sendo iniciativas fortemente apoiadas pela agência de fomento gaúcha. Com foco na inovação e na sustentabilidade, a instituição busca impulsionar o desenvolvimento de uma agricultura moderna e uma agroindústria competitiva.



Publicado em 26/08/2016.