Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 31 de agosto de 2016. Atualizado às 22h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 31/08 às 22h52min

Em Nova Iorque, dólar fecha sem direção definida ante rivais, com expectativa por payroll

O dólar estendeu ganhos diante do iene, nesta quarta-feira (31), mas recuou em relação ao euro, em um dia de cautela, com os investidores ansiosos pela divulgação de dados sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos, para fazerem suas apostas sobre os rumos da política monetária do país.
No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar avançou para 103,46 ienes, de 103,01 ienes no fim da tarde de terça-feira, 30; o euro avançou para US$ 1,1158, de US$ 1,1145 e a libra subiu para US$ 1,3131, de 1,3082.
Os participantes do mercado estão à espera do payroll - a ser divulgado na Sexta-feira (2) - para avaliarem se o mercado de trabalho americano permanece sólido. Analistas dizem que uma leitura positiva pode abrir o caminho para um aumento dos juros nos EUA, o que beneficiaria o dólar, tornando a moeda mais atrativa diante de outros ativos.
Nas últimas semanas, autoridades do Fed, incluindo a presidente, Janet Yellen, e vice-presidente, Stanley Fischer, indicaram que "o caso para aumento de juros se fortaleceu". Ainda assim, os dirigentes disseram que qualquer decisão a curto prazo dependeria da solidez dos dados econômicos dos EUA
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia