Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 26 de agosto de 2016. Atualizado às 08h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Petróleo opera em baixa moderada, com mercado focado nos juros dos EUA

Os futuros de petróleo operam em baixa moderada na manhã desta sexta-feira (26), com os investidores à espera de novos sinais sobre a perspectiva dos juros nos EUA.

A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen, fará um discurso hoje, a partir das 11h (de Brasília), durante o simpósio anual do Fed em Jackson Hole (Wyoming). Analistas e economistas ficarão atentos aos comentários de Yellen, em busca de indicações de quando o Fed poderá voltar a elevar juros.

Eventuais aumentos de juros nos EUA tenderiam a impulsionar o dólar, tornando o petróleo mais caro para operadores que fazem negócios com outras moedas.

Segundo Stuart Ive, gestor de clientes da OM Financial, não há expectativa de que Yellen faça uma avaliação econômica suficientemente otimista que permita elevações de juros.

Enquanto isso, continua a especulação sobre a possibilidade de um eventual acordo para limitar a produção de petróleo. Ontem, o Irã anunciou que irá participar de um encontro informal que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) promoverá, no fim de setembro, para discutir formas de estabilizar os mercados.

À tarde, a Baker Hughes irá divulgar sua pesquisa semanal sobre o número de plataformas em atividade nos EUA. O levantamento mais recente mostrou um aumento de 10 no total de plataformas em operação.

Às 7h41min (de Brasília), o petróleo WTI para entrega em outubro caía 0,25% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 47,21 por barril, enquanto o Brent para o mesmo mês recuava 0,52%, a US$ 49,41 por barril, na IntercontinentalExchange (ICE).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia