Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de agosto de 2016. Atualizado às 13h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria coureiro-calçadista

25/08/2016 - 12h49min. Alterada em 25/08 às 13h27min

Abicalçados lança programa para impulsionar cadeia nacional de produção

Entidades lançam o programa Future Footwear para mudar perfil do setor

Entidades lançam o programa Future Footwear para mudar perfil do setor


Diego Rosinha/Abicalçados/Divulgação/JC
As principais entidades da cadeia coureiro-calçadista brasileira lançaram o programa Future Footwear. A pretensão é de lançar uma nova fase do setor, com criação de novos modelos de negócios, produtos e processos produtivos, apontou a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).
Além da Abicalçados, lideram o programa a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e a Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para Couros, Calçados e Afins (Abrameq). O Future Footewar foi lançado nessa quarta-feira (24) em Ivoti, região calçadista no Vale dos Sinos.
A ação também envolve Instituto by Brasil (IBB), Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos (IBTeC) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que ajudarão na operacionalização das ações. Heitor Klein, presidente da Abicalçados, disse que o programa é o pontapé inicial para uma “grande revolução” na cadeia coureiro-calçadista nacional. "O setor deverá incorporar novos modelos produtivos se quiser continuar competitivo mesmo diante de tantos problemas macroeconômicos apresentados tanto do mercado doméstico como internacional", advertiu Klein.
Neste segundo semestre, ocorrerão eventos de negócios, alinhamento com setores afins e um desafio para encontrar soluções tecnológicas para o calçado. O FF Exchange será uma rodada de negócios para fomentar relacionamento entre empresas e fornecedores. A primeira rodada será em 18 de outubro, na sede do IBTEC, em Novo Hamburgo, e integra a Semana do Calçado. 
O FF Meeting reunirá entidades de setores fornecedores com foco em tecnologia e inovação. Um comitê será criado para discutir a aplicação dos conceitos da Indústria 4.0 no Brasil e também estará na Semana do Calçado. O FF Meeting será em 19 de outubro, na sede da Abicalçados.
Outra ação é a FF Enterprise - Desafio Empreendedor, que será de  1 de outubro a 18 de novembro com estudantes de Nível Superior para incentivar equipes multidisciplinares a buscarem resoluções a problemas do setor calçadista. As equipes vencedoras receberão R$ 10 mil em premiação e uma pré-incubação, que poderá ser realizada na Unisinos, Feevale ou Pucrs. As inscrições são pelo site da Abicalçados.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia