Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de agosto de 2016. Atualizado às 09h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Dólar ganha força com dados melhores que o esperado dos EUA

O dólar ganhou força no exterior e ante o real após indicadores mais fortes divulgados nos Estados Unidos, a um dia do discurso da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, em Jackson Hole. Após os dados, o dólar virou e passou a subir ante o real, mas depois voltou a cair. Às 9h33min, o dólar à vista no balcão tinha queda de 0,12%, a R$ 3,2199.

Pouco antes, o dólar já tinha se fortalecido ante outras moedas depois que a presidente do Federal Reserve de Kansas City, Esther George, afirmou que está na hora de elevar os juros nos EUA, mas não de forma agressiva. Segundo ela, retirar um pouco de acomodação seria apropriado. Ela tem direito a voto nas reuniões de política monetária do Fed.

Nos EUA, as encomendas de bens duráveis avançaram 4,4% em julho, acima da previsão de analistas de 3,2%, enquanto os pedidos de auxílio-desemprego caíram para 261 mil na semana passada, de previsão de 265 mil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia