Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 23 de agosto de 2016. Atualizado às 08h05.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 23/08 às 08h08min

Bolsa de Tóquio cai, pressionada por tombo do petróleo

A Bolsa de Tóquio fechou em baixa nesta terça-feira, após uma forte queda ontem nos preços do petróleo, que acabou pressionando ações ligadas a commodities.
O Nikkei, índice que reúne as empresas mais líquidas na capital do Japão, caiu 0,61%, encerrando o dia a 16.497,36 pontos, após subir 0,32% no pregão anterior.
O petróleo negociado em Nova Iorque sofreu ontem um tombo de quase 3,5%, interrompendo uma sequência de sete sessões de ganhos, em meio a expectativas de aumento na produção e a uma valorização do dólar.
Os destaques de baixa em Tóquio hoje incluíram a petrolífera Inpex (-2,2%) e a siderúrgica Nippon Steel & Sumitomo Metal (-3,4%).
Ações sensíveis a ciclos econômicos também tiveram fraco desempenho. Foi o caso da Hitachi (-3,6%) e do fabricante de equipamentos de automação industrial SMC (-2,8%).
Muitos investidores do mercado japonês têm preferido ficar às margens dos negócios esta semana, na expectativa para um discurso da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen, durante simpósio anual do Fed em Jackson Hole (Wyoming). A fala de Yellen está prevista para sexta-feira (26).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia