Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de agosto de 2016. Atualizado às 00h06.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Habitação

Notícia da edição impressa de 12/08/2016. Alterada em 11/08 às 21h34min

Governo anuncia retomada de obras do Minha Casa Minha Vida

 eco Minha Casa Minha Vida crédito Tomaz Silva ABR

eco Minha Casa Minha Vida crédito Tomaz Silva ABR


TOMAZ SILVA/ABR/JC
O governo interino anunciou a retomada das obras de 10.609 unidades da faixa 1 (renda de até R$ 1.800,00 mensais) do Programa Minha Casa Minha Vida que estavam paralisadas em todos o País por falta de recursos da União. Também foi confirmada a construção de 40 mil moradias na nova faixa (intermediária, 1,5), para famílias com renda de até R$ 2.350,00 mensais, criada na gestão petista e que ainda não tinha saído do papel.
Serão destinados à nova faixa R$ 3,8 bilhões, sobretudo do FGTS (apenas R$ 140 milhões do Tesouro Nacional). Nesta faixa, o valor máximo do subsídio (desconto no valor do contrato a fundo perdido), poderá chegar a R$ 45 mil, conforme a renda e a localização do imóvel.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia