Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de agosto de 2016. Atualizado às 17h32.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

negócios corporativos

Alterada em 11/08 às 17h36min

Regulador chinês aprova aquisição de fatia da Sharp pela Foxconn

A Foxconn Technology Group disse hoje que autoridades antitruste da China aprovaram seu acordo para adquirir uma fatia majoritária da empresa de eletrônicos japonesa Sharp, e seus planos para fechar o acordo o mais rápido possível.
Sob os termos do acordo, a taiwanesa Foxconn deve pagar 388,8 bilhões de yuans (US$ 3,8 bilhões) por cerca de dois terços da Sharp.
O acordo representa uma das maiores aquisições de uma companhia de eletrônicos japonesa por uma empresa estrangeira. A Foxconn, que monta os iPhones da Apple e outros eletrônicos, estava interessada na Sharp em parte por causa da habilidade da empresa em fabricar telas para smartphones. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia