Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de agosto de 2016. Atualizado às 00h32.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 11/08/2016. Alterada em 10/08 às 21h12min

Há mais de um mês, arroz segue na casa dos R$ 50,00

O indicador do arroz em casca Esalq-Senar/RS mantém na casa dos R$ 50,00 a saca de 50 quilos desde o dia 4 de julho deste ano - ontem, fechou a R$ 50,70. Neste período de entressafra, produtores do Sul do País seguem atentos aos preparos de solo para a nova temporada (2016/2017).
Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP, do lado comprador, atacadistas e unidades beneficiadoras estão cautelosos quanto às novas aquisições, alegando dificuldade de venda do produto no varejo. Alguns, porém, temendo novas altas de preços no correr do semestre, realizam compras em volumes maiores. Também há relatos de interesse pela importação. Em julho, segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), foram importadas 102,6 mil toneladas em equivalente de arroz em casca, com a maior parte vinda do Paraguai, Uruguai e Argentina.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia