Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 02h40.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

trabalho

Notícia da edição impressa de 10/08/2016. Alterada em 09/08 às 22h05min

Indicador de emprego atinge o maior nível desde 2014

Pesquisa da FGV revela que este foi o quinto avanço consecutivo

Pesquisa da FGV revela que este foi o quinto avanço consecutivo


ANTONIO PAZ/JC
O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) avançou 6,9 pontos em julho ante junho, para 89,1 pontos, maior nível desde março de 2014 (quando estava em 89,2 pontos). Foi o quinto avanço consecutivo no indicador, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A média móvel trimestral do IAEmp subiu 4,2 pontos, "sinalizando aceleração da tendência de atenuação do ritmo de queda do total de pessoal ocupado na economia brasileira nos próximos meses", avaliou a FGV, em nota.
Já o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) recuou 0,8 ponto na passagem de junho para julho, alcançando 96,8 pontos. A média móvel trimestral, entretanto, registrou alta de 0,4 ponto, "mostrando certa estabilização da taxa de desemprego nos últimos meses", ressaltou a entidade.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia