Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 02h40.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

Notícia da edição impressa de 10/08/2016. Alterada em 09/08 às 22h11min

Governo defende encerrar a exclusividade no pré-sal

Petroleiros criticaram proposta na reunião da comissão na Câmara

Petroleiros criticaram proposta na reunião da comissão na Câmara


LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS/JC
O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, defendeu ontem a aprovação do Projeto de Lei (PL) do atual ministro de Relações Exteriores, José Serra, que acaba com a exclusividade da Petrobras na exploração no polígono principal do pré-sal brasileiro.
O texto já foi aprovado no Senado e em comissão especial da Câmara e ontem foi tema de uma discussão em comissão geral, no plenário da Câmara dos Deputados, onde suscitou críticas da oposição e de petroleiros.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia