Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 02h40.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 10/08/2016. Alterada em 10/08 às 02h38min

Vendas do comércio recuam 5,3% em junho

As vendas do varejo ficaram praticamente estáveis em junho frente ao mês anterior, com variação de 0,1%, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE. O desempenho aponta melhora, já que, em maio, o comércio tinha recuado 0,9%. Em relação a junho de 2015, houve queda de 5,3%. Esta é 15ª taxa negativa seguida nesta base de comparação. A intensidade do recuo, no entanto, é menor que a de meses anteriores. Em maio, a taxa tinha ficado negativa em 9%.
No primeiro semestre de 2016, o varejo acumulou queda de 7% em relação a igual período de 2015, o pior desempenho da série histórica, iniciada em 2001. Já o resultado acumulado em 12 meses registra perda de 6,7%, também a maior já registrada na Pesquisa Mensal do Comércio.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia